0
0
0
s2smodern

A Polícia Militar Ambiental de Bauru autuou, na manhã desta terça-feira (9), em Pirajuí (51 quilômetros de Bauru), o caseiro de um clube por ter pássaros silvestres em cativeiro sem autorização ambiental.

Durante policiamento ambiental rural, policiais visualizaram no interior do clube, um alçapão (equipamento para captura de pássaros) armado no interior da propriedade e uma gaiola com uma coleirinha ao lado, fato que chamou a atenção da equipe.

Em contato com o caseiro do local, um homem de 39 anos, este informou que o alçapão foi armado por ele e que possuía mais pássaros em gaiolas no interior do clube, sendo localizado onze  pássaros silvestres, todos sem autorização ambiental para estarem na situação de cativeiro.

O caseiro recebeu dois autos de infração ambiental, um no valor de R$ 500,00 pelo ato de caça e outro no valor de R$ 5.500,00 pelo cativeiro dos pássaros, por tratar-se de crime ambiental, a Polícia Civil será oficiada para abertura de inquérito policial e apuração de crime ambiental.

Todos os pássaros por estarem em estado bravio com sinais recentes de captura, foram soltos em uma reserva ambiental da região de Pirajuí para continuarem seu ciclo de vida na natureza.

A Polícia Militar Ambiental alerta que a caça e a posse ilegal de animais silvestres em cativeiro, é proibida pelo art. 29 da lei 9.605/98 em todo território nacional, com uma pena de 6 meses a 1 ano de detenção, além de multa administrativa que varia de R$ 500,00 a R$ 5.000,00 por animal silvestre em situação de cativeiro sem autorização ambiental.

Fonte: www.jcnet.com.br