0
0
0
s2smodern

A Polícia Militar Ambiental de Bauru aplicou na manhã desta quarta-feira (10) multas de mais de R$ 200 mil ao representante de uma fazenda de Pirajuí (58 quilômetros de Bauru) pertencente a empresa do ramo de cana-de-açúcar onde foram constatadas queimadas sem autorização ambiental.

Após receber uma denúncia, equipe da PM Ambiental foi até a propriedade e encontrou três situações diferentes relacionadas ao uso do fogo. A primeira foi a queima de 4,29 hectares de pasto, que resultou em autuação no valor de R$ 4.924,00.

A segunda foi a queima de 5,98 hectares de vegetação nativa (cerrado), que resultou em autuação de R$ 32.932,00. A última situação flagrada foi a queima não autorizada de 197,32 hectares de cana-de-açúcar, que gerou multa de R$ 197.000,00.

As três autuações totalizaram R$ 234.856,00. Um representante da empresa disse aos policiais que, possivelmente, o uso do fogo foi criminoso. Por se tratar de crime ambiental, a Polícia Civil será oficiada para tentar identificar os responsáveis.

Fonte: Lilian Grasiela - www.jcnet.com.br